Posts com Tag ‘brasil’

Piadinha em Portugal

Publicado: sexta-feira, 8, outubro, 2010 por RMAX em Piadas, Risos, Sátiras
Tags:, , , , , ,

No Brasil para você tirar passaporte e fazer concurso, precisa de título de eleitor.

Mas, para votar, não.

Anúncios

 

VOCÊ SABE QUE ALGUÉM É PAULISTA QUANDO…

Na fala:

a) chama o semáforo de ‘farol’;
b) diz ‘bolacha’ em vez de biscoito;
c) diz ‘cara’ em vez de menino;
d) diz ‘mina’ em vez de menina;
e) diz ‘bexiga’ em vez de balão;
f) diz ‘sorvete’, tanto para picolé como para sorvete de massa;
g) acha que não tem sotaque nenhum;
h) ri do sotaque de todo mundo (gaúcho, carioca, mineiro, nordestino,etc…);
i) vê uma pessoa mal vestida e chama de ‘baiano’;
j) é extremamente possessivo, pois emprega a palavra ‘MEU’ em praticamente todas as frases.

No clima:

a) fala sobre o tempo para puxar assunto;
b) enfrenta sol, chuva, frio, calor, tudo no mesmo dia e acha legal…
c) sai todo agasalhado de manhã, tira quase tudo a tarde e põe tudo de volta à noite;
d) tem mania de levar o carro para polir no sábado ou no domingo. O carro fica brilhando, só que toda vez que vai sair com ele para passear… CHOVE.

Na praia:

a) fala que vai para praia sem especificar qual;
b) fica a temporada no Guarujá, Maresias ou Ubatuba, mesmo que chova mais do que faça sol;
c) chama Ubatuba de ‘Ubachuva’;
d) fala mal da Praia Grande, mas toda virada de ano fica sem dinheiro e acaba indo para lá.

Nas esquisitices:

a) faz fila para tudo (elevador, banheiro, ônibus, banco, mercado,casquinha do MC’DONALDS, etc.);
b) repara nas pessoas como se fossem de outro planeta;
c) cumprimenta os vizinhos apenas com ‘oi’ e ‘tchau’;
d) espera a semana inteira pelo final de semana e quando ele chega, acaba não fazendo ‘nada’;
e) convida: ‘Passa lá em casa’, mas nunca dá o endereço;
f) chama o povo do interior de São Paulo de ‘caipira’.

Principal:

a) ri de si mesmo ao perceber que tudo acima é verdade e encaminha para todos os amigos;
b) e como todo paulista, estou fazendo minha parte…  

Matando a saudade de um dos maiores intelectuais Brasileiros com alguns erros de gravações.

rmax

Taí uma situação que se não aconteceu, mais dia menos dia você há de enfrentar: a broxada.

Broxar é sempre uma situação, digamos, broxante.

O importante, porém, é não perder a compostura quando o colega do andar de baixo recusa-se a cumprir sua função.

Dê a volta por cima e saia com alguma observação bem humorada.

Aqui vão sugestões para você usar neste momento trágico.

Uma delas com certeza terá tudo a ver com sua personalidade marcante, singular e intransferível.

Irônico – “Nossa, deve ser alguma coisa que eu não comi!”

Autoconfiante – “Até que enfim aconteceu! Eu já estava me sentindo um estranho no meio da turma!”

Dispersivo – “Você sabia que a autobiografia do Sarney vai se chamar ‘Tem Culpa Eu?'”

Sarcástico – “Bem, só me resta cortá-lo e guardá-lo num vidrinho para as futuras gerações.”

Modernoso – “Na verdade, eu acho que sexo é totalmente dispensável numa relação moderna…”

Religioso – “Levanta-te e anda, descrente!”

Cínico – “Hahaha, isso é o que eu chamo de sexo frágil!”

Compreensivo – “Liga não, ele faz isso só para chamar a atenção.”

Esportista – “Pô, logo hoje que eu ia dar a milésima e dedicá-la as criancinhas do Brasil!”

Grosso – “Desculpe. Mas ele tem nojo dessa coisa úmida, fedida e gosmenta aí.”

Surreal – “Para falar a verdade, ele nao é meu. O meu está no conserto. Este eu peguei emprestado do meu grande amigo Ronaldo.”

Nacionalista (cantando) – “Deitado eternamente em berço esplêêêêndido…”

Inconformado – “Gozado, isto nunca me aconteceu antes. Só depois…”

Politizado – “Acho que vou passar a chamá-lo de José Dirceu.”

Freudiano – “Mas é que ele tem trauma de adolescência: vivia apanhando e era sempre cinco contra um!”

rmax

Carlota Joaquina

Publicado: sexta-feira, 23, outubro, 2009 por RMAX em Risos, Sátiras, Videos
Tags:, , , , , , , , ,

rmax

De acordo com o site Meio & Mensagem, o tão esperado Google Phone vai chegar ao Brasil através da operadora Tim, que em parceria com a fabricante chinesa Huawei Technologies para colocar no mercado nacional o smartphone que opera com a plataforma Android.

O acordo de compromisso, que teria sido firmado nesta semana, é o primeiro acerto oficial que prevê a chegada do aparelho ao País.

Lançado em outubro de 2008 nos Estados Unidos e em novembro no Reino Unido, o primeiro aparelho a utilizar o software Android foi produzido pela HTC e comercializado pela operadora T-Mobile. O Google Phone – denominado G1 – vem com aplicativos como Google Maps, Gmail e acesso direto à loja MP3, da Amazon. A Telefônica já anunciou que comercializará o mesmo modelo na Espanha a partir de março, pelo valor de 199 euros.

A empresa chinesa prevê que os aparelhos dotados desse novo sistema devem chegar ao mercado ainda em 2009. O comunicado também ressalta que o celular terá uma estratégia diferenciada para o mercado brasileiro e que há um grupo de especialistas da Huawei e da Tim trabalhando, em conjunto, neste projeto.  Leia mais

google-phone-concept 

Fonte: Meio & Mensagem

rmax

Cuidado com a Cobra

Publicado: sexta-feira, 20, fevereiro, 2009 por RMAX em Cotidiano, Mundo, Videos
Tags:, , , , , ,

COBRA GIGANTE, TENHA MUITO CUIDADO QUANDO ENCONTRAR UMA, PROCURE NÃO MEXER COM QUEM ESTÁ QUIETO.

rmax

1

2

3

4

5

7

line

Feriados 2009 – Brasil
 
01/01/09___quinta-feira_______Confraternização Universal
23/02/09___segunda-feira_____Carnaval
24/02/09___terça-feira________Carnaval
10/04/09___sexta-feira________Paixão de Cristo
21/04/09___terça-feira________Tiradentes
01/05/09___sexta-feira________Dia do Trabalho
11/06/09___quinta-feira_______Corpus Christi
09/07/09___quinta-feira_______Revolução Const.
07/09/09___segunda-feira_____Independência do Brasil
12/10/09___segunda-feira_____Nossa Sra. Aparecida
02/11/09___segunda-feira_____Finados
15/11/09___domingo__________Proclamação da República
20/11/09___sexta-feira________Zumbi/Consciência Negra
25/12/09___sexta-feira________Natal
Ao todo serão:
8 Feriados na Seg/Sex
5  Feriados na Ter/Qui

Total: 13  Feriados (em dia útil)

Não deixe para o próximo ano o que você pode fazer este ano!

Porque no próximo ano, você estará na praia com muito sol,  cerveja e petiscos! kkkkkkk

line

Verão também é sinônimo de pouca roupa e muito chifre, pouca cintura e muita gordura, pouco trabalho e muita micose.
 Verão é picolé de Kisuco no palito reciclado, é milho cozido na água da torneira, é coco verde aberto pra comer a gosminha branca.
Verão é prisão de ventre de uma semana e pé inchado que não entra no tênis.
Mas o principal ponto do verão é…. a praia! Ah, como é bela a praia.
Os cachorros fazem cocô e as crianças pegam pra fazer coleção.
Os casais jogam frescobol e acertam a bolinha na cabeça das véias.
Os jovens de jet ski atropelam os surfistas, que por sua vez, miram a prancha pra abrir a cabeça dos banhistas.
O melhor programa pra quem vai à praia é chegar bem cedo, antes do sorveteiro, quando o sol ainda está fraco e as famílias estão chegando.
Muito bonito ver aquelas pessoas carregando vinte cadeiras, três geladeiras de isopor, cinco guarda-sóis, raquete, frango, farofa, toalha, bola, balde, chapéu e prancha, acreditando que estão de férias.
Em menos de cinqüenta minutos, todos já estão instalados, besuntados e prontos pra enterrar a avó na areia.
E as crianças? Ah, que gracinhas!

Os bebês chorando de desidratação, as crianças pequenas se socando por uma conchinha do mar, os adolescentes ouvindo walkman enquanto dormem.
As mulheres também têm muita diversão na praia, como buscar o filho afogado e caminhar vinte quilômetros pra encontrar o outro pé do chinelo.
Já os homens ficam com as tarefas mais chatas, como perfurar o poço pra fincar o cabo do guarda-sol. É mais fácil achar petróleo do que conseguir fazer o guarda-sol ficar em pé.
Mas tudo isso não conta, diante da alegria, da felicidade, da maravilha que é entrar no mar!
Aquela água tão cristalina, que dá pra ver os cardumes de latinha de cerveja no fundo.
Aquela sensação de boiar na salmoura como um pepino em conserva.
Depois de um belo banho de mar, com o rego cheio de sal e a periquita cheia de areia, vem aquela vontade de fritar na chapa.
A gente abre a esteira velha, com o cheiro de velório de bode, bota o chapéu, os óculos escuros e puxa um ronco bacaninha.
Isso é paz, isso é amor, isso é o absurdo do calor!!!!!
Mas, claro, tudo tem seu lado bom. E à noite o sol vai embora.
Todo mundo volta pra casa tostado e vermelho como mortadela, toma banho e deixa o sabonete cheio de areia pro próximo. O Shampoo acaba e a gente acaba lavando a cabeça com qualquer coisa, desde creme de barbear até desinfetante de privada.

As toalhas, com aquele cheirinho de mofo que só a casa da praia oferece.
Aí, uma bela macarronada pra entupir o bucho e uma dormidinha na rede pra adquirir um bom torcicolo e ralar as costas queimadas.
O dia termina com uma boa rodada de tranca e uma briga em família. Todo mundo vai dormir bêbado e emburrado, babando na fronha e torcendo, pra que na manhã seguinte, faça aquele sol e todo mundo possa se encontrar no mesmo inferno tropical.

Qualquer semelhança com a vida real, é uma mera coincidência.

Luis Carlos  Verissimo 

O Brasil é campeão MUNDIAL 2008 no Futsal, depois do empate na prorrogação de 2×2 com a Espanha, a decisão mais do que dramática foi para os pênaltis.

Com duas defesas nos pênaltis do goleiro Franklin que substituiu Tiago, o Brasil se consagrou campeão de 2008 e está de volta ao topo do mundo. (leia mais)

Gostaria de um Wallpaper, clique na imagem (1280×1024).

Fonte: Globo

Racionais Mc´s – Vida Loka

Publicado: quarta-feira, 15, outubro, 2008 por RMAX em Músicas, Videos
Tags:, , , , , ,

INACREDITÁVEL UMA ANACONDA DE 18 METROS,

NÃO É UMA SERPENTE VENENOSA,

VIVE EM PANTANOS E RIOS,

ESTÁ ENTRE AS MAIORES COBRAS DO MUNDO.

Olímpiadas 2008 – Primeiras medalhas do Brasil

Publicado: segunda-feira, 11, agosto, 2008 por RAFAJAKE em Cotidiano, Noticias
Tags:, , ,

Judô ganha dois bronzes e abre quadro de medalha do Brasil em Pequim

 

 

Saiu a primeira medalha do Brasil nos Jogos Olímpicos de Pequim. Ou melhor, saíram as duas primeiras medalhas. Leandro Guilheiro e Ketleyn Quadros conquistaram o bronze no judô, categoria peso leve, e já igualaram o desempenho da equipe brasileira da modalidade nos Jogos de Atenas, em 2004. A vitória de Ketleyn no feminino tem um sabor mais do que especial, já que é a primeira medalha olímpica de uma brasileira em um esporte individual nos Jogos e a primeira medalha da história do judô feminino na competição.

Com os dois bronzes, o judô passa a ser o esporte com mais medalhas em todas as edições de Olimpíadas: 14, empatado com a vela. O atletismo é o segundo, com 13.

– A ficha ainda está caindo. Sei que isso é muito positivo para mim e para o judô brasileiro. Mas eu ainda não pude ter noção de tudo isso – disse Ketleyn em entrevista à Rede Globo.

Ao lado da lutadora, a técnica da equipe feminina do Brasil, Rosicléia Campos, vibrava com o feito inédito.

– A gente fez história! – gritava Rosicléia.

O feito de Leandro Guilheiro não é menos especial. Afinal, Leandro chega em Pequim ao seu segundo pódio olímpico, igualando o número de medalhas de Aurélio Miguel (ouro em Seul (1988) e bronze em Atlanta (1996)) em Olimpíadas. Na decisão do masculino, Guilheiro fez uma luta relâmpago, derrubando o iraniano Ali Malomat em 23s, e conseguindo o ippon, pontuação máxima do esporte. O bronze de Ketleyn chegou um pouco antes, com a vitória da brasiliense sobre a australiana Maria Pekli, com um ippon no golden score, após ter empatado com uma punição para cada lado nos cinco minutos de luta.

Leandro e Ketleyn pegaram nomes fortes do judô mundial nesse caminho até as duas medalhas de bronze. Em sua primeira luta em Jogos Olímpicos, a brasiliense de 20 anos passou pela atual vice-campeã asiática, a sul-coreana Sin-Young Kang. Do outro lado, Guilheiro tinha uma estréia que parecia mais tranqüila, contra o argentino Mariano Bertolotti. Entretanto, a punição sofrida no início fez com que Leandro tivesse que correr atrás do placar. A técnica, aliada com o uso correto da regra, fez Leandro Guilheiro forçar o adversário a sofrer seguidas punições, garantindo a virada e a vitória na estréia.

O destino, porém, foi diferente para os dois medalhistas de bronze na segunda luta do dia. Ketleyn mostrou que não se intimida com títulos e encarou de igual para igual a medalhista de bronze em Atenas, a holandesa Deborah Gravenstijn. Entretanto, a experiência da adversária contou e a brasiliense foi surpreendida com um contra-golpe, sofrendo o koka que lhe tiraria da caminhada pelo ouro. No masculino, Leandro aplicava o primeiro ippon brasileiro em Pequim, derrubando o sul-africano Marlon August.

Enquanto Ketleyn torcia por sua adversária para ir à repescagem, o que aconteceria mais tarde com a vitória de Deborah sobre a espanhola Isabel Fernandez, Leandro via o sonho do ouro ser adiado, ao perder no golden score para o atual campeão mundial, o coreano Kichun Wang. Com Wang na semifinal, Guilheiro tinha a tranqüilidade de saber que o bronze ainda era possível.Os dois judocas provaram na luta seguinte que as derrotas não haviam balançado sua confiança. Com um semblante bastante confiante, principalmente para uma estreante, Ketleyn passou simplesmente pela campeã olímpica (Sydney-2000) e mundial (1997) Isabel Fernandez, com uma punição por falta de combatividade para a espanhola durante o golden score. Leandro estreou na repescagem com estilo, ao vencer por ippon o uzbeque Shokir Muminov.

Faltavam então duas lutas para o pódio. E Ketleyn Quadros garantiu com um ippon sobre a japonesa Aika Saito a que já era a melhor participação de uma judoca brasileira na história das Olimpíadas. No masculino, Leandro Guilheiro seguia sua seqüência de ippons, conseguindo o terceiro, desta vez sobre o ucraniano Gennadii Bilodid na final da repescagem.

Na disputa do bronze, a tensão ficou do lado apenas da torcida brasileira. Dentro do tatame, os judocas mostravam muita concentração e tranqüilidade para despachar seus adversários. Primeiro foi a novata Ketleyn, que com um ippon, o seu segundo em Pequim, derrotava a australiana Maria Pekli e garantia a medalha inédita. Depois veio Leandro para coroar o dia, com um ippon relâmpago aos 23s de luta sobre o iraniano Ali Malomat.

 Fonte: Globo
 
 

 

Google transfere controle do Orkut ao Brasil

O Brasil passará a ser o centro de controle mundial do Orkut. A mudança foi confirmada pelo Google nesta quinta-feira, 07/08/2008, que transferirá todas as operações do site de relacionamentos, antes sediadas nos Estados Unidos, para o centro de engenharia de Belo de Horizonte, sede nacional do aparato tecnológico do gigante de buscas.

Caberá ao BRASIL – CAMPEÃO GLOBAL em número de usuários do Orkut –  o desenvolvimento de ferramentas e aplicativos que resultem em melhorias e inovações para a rede. A responsabilidade pela estrutura de engenharia e tecnologia da plataforma, porém, será compartilhada com a Índia, a segunda nação no ranking de utilização do site.

As novidades do Google para o Brasil, entretanto, não se limitam ao Orkut. A corporação também anunciou mudanças na cúpula de sua sede nacional. A partir dessa semana, o executivo Alexandre Hohagen deixa a presidência da empresa no Brasil para assumir o cargo de diretor-executivo do Google em toda a América Latina.

De acordo com informações obtidas pela reportagem de Meio & Mensagem Online, a cúpula do Google ainda não definiu o substituto de Hohagen, mas já estaria em fase de seleção para a escolha do novo presidente das operações brasileiras. A empresa não informa se escolherá um presidente interino durante o período de transição de Hohagen ou se anunciará, em breve, o novo ocupante permanente do cargo.

Fonte: 

Quando a TV digital foi lançada em São Paulo, no fim do ano passado, prometia várias novidades para o espectador. Infelizmente, poucas delas estavam realmente disponíveis. As emissoras apostaram suas fichas na alta definição, que oferece imagem com qualidade seis vezes maior que a TV analógica. Parece que não foi suficiente para convencer os consumidores, pois as vendas se mostraram pequenas até agora, chegando a algumas dezenas de milhares.

Este mês, começa a chegar ao mercado outra novidade da TV digital: a mobilidade. Ela vem no formato de televisores portáteis e celulares com recepção de TV aberta. Enquanto a alta definição melhorava uma coisa que o espectador já tinha – a imagem na sua casa -, a mobilidade abre uma possibilidade que não existia com a televisão analógica: assistir aos programas em qualquer lugar, até mesmo em veículos em movimento.

“Apostamos mais na mobilidade e na portabilidade do que na alta definição”, disse Marco Szili, diretor-geral da Tele System. A fabricante vende conversores (para serem ligados em aparelhos que não tem sintonizador digital), receptores para computador e, a partir desta semana, uma TV portátil chamada Pocket TV. Com preço de R$ 800 a R$ 900, o aparelho tem tela LCD de 3,5 polegadas e memória de 1 gigabyte (expansível até 2 gigabytes). Ele grava até cinco horas de vídeo e funciona como tocador de música e vídeo digital e visualizador de fotos.

Szili preferiu não fazer previsões de vendas. “A expectativa é muito boa e otimista”, disse o executivo. “É uma nova maneira de ver TV. As emissoras podem ganhar audiência em horários em que ela é hoje muito baixa.” O mercado para o produto ainda é limitado pelo alcance do sinal de TV digital. A tecnologia foi lançada na Grande São Paulo e existem alguns canais no ar no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte.

“A venda de equipamentos de TV digital ainda está muito tímida”, reconheceu Szili. “O único apelo hoje é alta definição, mas o público em geral ainda não viveu essa experiência. A mobilidade é mais fácil de comunicar.” O televisor portátil, fabricado na Coréia, capta o sinal gerado para celulares. As emissoras transmitem em São Paulo um sinal especial para celulares, com o mesmo conteúdo do sinal para televisores grandes, desde dezembro, apesar de pouca gente saber disso.

A Semp Toshiba promete para esta semana seu televisor portátil, chamado MPTV. Com tela de 3,5 polegadas, o aparelho vem com 2 gigabytes de memória, expansíveis a 8 gigabytes. Ele custa R$ 1 mil, grava TV, toca música e vídeo digitais, mostra fotos e textos e recebe o sinal de rádio FM. “O espectador pode programar o gravador escolhendo o programa no guia eletrônico”, apontou Jairo Siwek, diretor de Mobilidade da companhia.

A empresa também tem um celular que recebe o sinal de TV digital, chamado CTV41, vendido, por enquanto, pela Vivo. “A TV está deixando de ser uma atividade coletiva e estática para se tornar individual e móvel. A percepção do consumidor é imediata. Em dois ou três anos, o celular que recebe TV aberta deve se tornar tão popular quanto o celular com câmera.”

O celular com TV aberta da Samsung chegou ao mercado há pouco mais de uma semana, nas lojas da Vivo. “Em alguns dias, estaremos em todas as operadoras”, disse Oswaldo Mello Neto, diretor de Telecomunicações da Samsung. O aparelho custa de R$ 1 mil a 1,4 mil, dependendo do plano do cliente. “Percebemos que existe uma surpresa grande do usuário com o aparelho. Colocamos o celular do lado de uma televisão em nossa loja e as pessoas se surpreendem ao ver que é a mesma imagem.”

Segundo Mello, muita gente se sente surpresa ao saber que é possível assistir à televisão no celular sem ter de pagar nada, que o sinal é aberto como o que é recebido pelos televisores. “Para quem trabalha no mercado de tecnologia pode parecer óbvio, mas, para o consumidor, não é tão óbvio que o serviço é gratuito.”

A Samsung está animada com o celular que recebe TV e planeja lançar mais um ou dois modelos este ano, para outros públicos. “Acho que a popularização desse tipo de aparelho vai acontecer muito rapidamente aqui no Brasil”, disse Mello. “Assim que houve a definição do sistema de TV digital no País, já começamos a trabalhar com a matriz nesse aparelho. O consumidor brasileiro tem uma relação muito forte com a TV aberta. Existem hoje mais casas com televisão do que com refrigerador.”

Outra grande novidade da TV digital, a interatividade, poderá ter grande impacto no mercado , mas ainda não está disponível. A maioria das empresas acredita que chegada da interatividade ocorrerá até o fim do ano. Ela permitirá serviços parecidos com os da internet no aparelho de TV. Todo tipo de interação a que o telespectador tem acesso hoje por meio de um telefone fixo, celular ou a internet poderá ser feita pelo controle remoto.

Fonte: Estadao

Em discurso durante o fórum empresarial entre Brasil e México, em Recife (PE), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que a crise nos EUA e a manutenção da auto-estima dos empresários brasileiros são as únicas coisas que o preocupam com relação à economia brasileira.“Essa crise pode não ser tão grande, como a gente imagina, mas pode ser maior do que a gente imagina”, disse. Leia mais no site UOL

Confira o video